Laser para lesões vasculares

  • Couperose
  • Angiomas
  • Manchas Vinho do Porto
  • Tratamento de Telangiectasias
  • Cicatrizes Hipertróficas (queloides)
  • Derrames dos Membros inferiores por Laser de Nd-Yad Longo Pulso

A doença venosa crónica define-se como a dilatação das veias e consequente deformação devido à estagnação do sangue. As veias dilatadas tornam-se visíveis e traçam linhas em relevo nas pernas, originando derrames e varizes.

Um dos tratamentos para este problema é o laser vascular, que obtém bons resultados nas microvarizes

Sensação de peso, inchaço nos tornozelos, dormência e comichão nas pernas são os sintomas mais comuns da doença venosa.

Os principais factores de risco para o agravamento da doença venosa crónica são: o excesso de peso (muitas vezes provocado pelo sedentarismo), o tabaco, o álcool, a idade, o stress físico e psíquico, a hipertensão arterial, a gravidez, os contraceptivos orais, entre outros.

O laser transcutâneo está indicado no tratamento das telangiectasias e varizes reticulares (varizes de pequeno calibre). Quando a indicação é correcta e a execução efectuada com rigor, tem excelentes resultados, não só no que respeita aos sintomas mas também no que se refere à estética.